Sindipetro-RJ | Entidade se soma na luta pela reintegração de trabalhadores do Cepel

Sindipetro-RJ | Entidade se soma na luta pela reintegração de trabalhadores do Cepel

  • Facebook
  • Twitter

Direção do Cepel intervém em associação de empregados e demite 16 trabalhadores. O que fica claro é que essas demissões já são consequência da privatização da Eletrobrás

As entidades que representam todos os trabalhadores do Cepel, ASEC, SENGE-RJ e SINTERGIA, assinam um documento conjunto em que protestam contra a demissão da pesquisadora Heloisa Furtado, presidente da Associação dos Empregados da Cepel (ASEC).

No documento divulgado, em 13 de novembro, é denunciada a perseguição política e a prática antissindical contra a pesquisadora e a ASEC que também sofreu uma intervenção por parte da diretoria do Cepel.

“A diretoria do Cepel não tem a prerrogativa de fazer uma intervenção na entidade que representa todos os empregados do Cepel e tentar cortar sua cabeça. Amputar a instituição é uma afronta a todos que trabalham no Cepel e a todo o movimento sindical e social. Dessa maneira, também interpretamos, que caso esta demissão persista, ela é uma atitude irresponsável e impensada em completo desacordo com a conjuntura nacional, que começa a inverter no plano político, um período autoritário e de desgoverno nacional” – diz um trecho do documento.

Segundo o Sintergia, Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro e Região, além de Heloisa foram demitidos outros 15 trabalhadores no dia 11/11.

Demissão em missão de trabalho

Sobre Heloisa Furtado, ela estava representando o Cepel em um evento fora da instituição, foi chamada às pressas para ser demitida e voltou ao evento para continuar seu trabalho já estando demitida.

As entidades sindicais consideram ainda que esta demissão é uma declaração de guerra aos Sindicatos e saberá responder à altura, mobilizando todas a nossas forças e percorrendo todas as instâncias necessárias em qualquer lugar do país para reverter o golpe baixo desferido pela diretoria do Cepel.

O Sindipetro-RJ cobra a reintegração imediata dos 16 trabalhadores e o fim da intervenção na ASEC!

Imagem: Agência Brasil

Publicação original

Sindicato RJ se soma na luta pela reintegração de trabalhadores do Cepel

 

 

 

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp