Sindsaúde/RN | Entidade lança campanha à favor da vida em defesa do SUS 100% estatal

Sindsaúde/RN | Entidade lança campanha à favor da vida em defesa do SUS 100% estatal

  • Facebook
  • Twitter

O fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e contra todos os seus ataques é uma luta histórica do Sindsaúde/RN. Há mais de trinta anos, a entidade acompanha os governos promoverem, através do descaso, o adoecimento dos trabalhadores e trabalhadoras da saúde pública e da população usuária do serviço. Buscando fortalecer esse debate e denunciar a estratégia de desmonte da saúde pública, promovida pelos governos estadual e municipal, o Sindsaúde/RN lança uma campanha de defesa do SUS. A iniciativa conta com conteúdos informativos para redes sociais, materiais audiovisuais e panfletos sobre a temática que serão distribuídos nos locais de trabalho.

Foi destaque na imprensa local, nas últimas semanas, que o Governo estadual de Fátima Bezerra (PT)  vai contratar, a partir de 1° de dezembro, hospitais privados de Natal e de Mossoró para atender a demanda de cirurgias vasculares no Rio Grande do Norte. A decisão chega um ano após o fechamento oficial do Hospital Ruy Pereira, unidade pública de referência no atendimento a pacientes vasculares no Estado. Apesar da promessa de redistribuir os leitos, na época do fechamento, apenas trinta dos sessenta leitos foram de fato redistribuídos e o resultado? Uma fila de cerca de 300 pacientes à espera de um procedimento, muitos com seus membros já necrosando ou até mesmo morrendo enquanto esperam.

A gestão Álvaro Dias (PSDB) não fica atrás quando o assunto é sucateamento e fechamento de serviços. Depois da tragédia que foi o fechamento do único Hospital Municipal de Natal, a situação mais recente denunciada pelo sindicato é o fechamento da pediatria da Upa Pajuçara, ocorrido no último dia primeiro de novembro, que deixou dezenas de crianças da zona norte desassistidas. Além disso, a chamada pela Secretaria Municipal de Saúde, de “readequação de fluxo pediátrica” causou uma superlotação absurda na Upa Potengi, unidade também localizada na zona norte de Natal. Com a quantidade de atendimentos dobrados, os trabalhadores e trabalhadoras da saúde têm sofrido por não conseguir oferecer o atendimento que os (as) usuários (as) merecem.

Esses são apenas dois exemplos e os dois primeiros temas das linhas do tempo do início da nossa campanha (publicadas no instagram @sindsaudern). No entanto, vários são os casos de fechamento de serviço, como o Hospital de Canguaretama, os leitos covid das unidades, o Centro de saúde Suzete Cavalcanti, dentre outros. Além disso, serão pautas também da nossa campanha em prol da valorização do SUS: a precariedade das estruturas das unidades de saúde, a superlotação, as questões envolvendo a má alimentação ofertada para os (as) servidores (as) e o assédio moral promovido pelas gestões.

Quando falamos em saúde pública, não podemos deixar de destacar que o Governo Jair Bolsonaro (PL), por sua vez, ao reservar R$ 20 bilhões para as emendas parlamentares, sendo metade delas destinada ao orçamento secreto, promoveu uma diminuição de  R$ 60 bilhões no orçamento para a saúde no próximo ano, com base no Projeto de Lei Orçamentária (PLO) de 2023. Nós, do Sindsaúde/RN, enxergamos os mais de trinta anos de existência do SUS como uma grande conquista da sociedade brasileira, uma vez que o sistema promove a justiça social através do atendimento a todos os indivíduos. Além disso, ele é o maior sistema público de saúde do mundo, atendendo, mesmo nos lugares mais remotos e afastados, onde as instituições privadas não têm nenhum interesse em atender, cerca de 190 milhões de pessoas, sendo que 80% delas dependem exclusivamente desse sistema para tratar a saúde. Por isso, seguiremos firmes na defesa e no combate a todos os tipos de ataque sejam eles de qualquer esfera pública de poder. Em defesa da vida: Por SUS 100% estatal.

Publicação original

À favor da vida: Sindsaúde/RN lança campanha em defesa do SUS 100% estatal

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp