Atividade operária e popular aborda a fome neste domingo (23), na ocupação Esperança

Atividade operária e popular aborda a fome neste domingo (23), na ocupação Esperança

  • Facebook
  • Twitter

Será realizado na ocupação Esperança em Osasco, na área do “campo”, no domingo (23) a partir das 10h

“Quem tem fome tem pressa! A situação do país e a luta dos de baixo pela vida” é o tema do evento

O movimento Luta Popular e a CSP-Conlutas realizarão importante atividade conjunta dos movimentos popular e operário no próximo dia 23 de outubro na ocupação Esperança em Osasco (SP).

Trocar ideias e experiências sobre a realidade e demandas dos setores mais explorados, pauperizados, precarizados e oprimidos estão entre os objetivos principais da iniciativa.

O domingo inteiro de atividades pretende construir um espaço de debate, integração humana e classista, formação e encaminhamentos que fortaleçam esses setores fomentando as condições para fortalecer as lutas mais gerais.

“Aprofundar o debate sobre os atingidos pela crise econômica e social e pelos ataques do governo Bolsonaro, dando destaque a temas como fome, miséria e desemprego é uma questão importante para os setores mais vulneráveis”, explica a integrante do Luta Popular Irene Maestro da Secretaria Executiva da CSP-Conlutas.

Diversidade e Sudeste

O evento é uma expressão do perfil da CSP-Conlutas, operário e poplar, mas também ao incorporar representantes do Setorial Camponês e de Povos Tradicionais da Central, com centro de atuação na região Sudeste.

“Todas e todos os ativistas em seus diversos setores e ramos, estão convidados e serão muito bem vindes nesse nosso círculo operário e popular”, garante Vanessa Mendonça da ocupação dos Queixadas, em Cajamar, que também participa da organização da atividade.   

Segundo o operário Atnágoras Lopes, dirigente da Secretaria, as lutas que que seriam necessárias serem levadas adiante contra o governo Bolsonaro, não aconteceram, entre outros fatores, pela postura da maioria das direções das organizações da nossa classe, que ficaram focadas em aguardar o processo eleitoral. “Essa postura revelou seus efeitos nocivos e graves para os rumos da situação política do nosso país. Mas, além disso, fato é que a maior parte da classe trabalhadora já vive há bastante tempo uma situação de agravamento nas condições de vida de modo geral, que se intensificaram muito. Assim, não podemos ficar inertes diante disso”, afirma Atnágoras.

Assim, a ideia é envolver mais ativamente o setor operário e popular da CSP-Conlutas na discussão sobre a conjuntura, contribuindo com a leitura de realidade pela Central que abarque as diversas dimensões da classe, especialmente nesse momento tão complexo.

O esforço é garantir uma representação operária da comissão da CSN, dos metalúrgicos e trabalhadores da Mineração de Minas Gerais, metalúrgicos e Químicos de São José dos Campos, petroleiros do Rio de Janeiro, Campinas, São Paulo, Litoral Paulista, dentre outros, e as ocupações de Volta Redonda e Jacareí.

“Além da ocupação Esperança, que sediaria a atividade, seriam mobilizados os moradores e moradoras da ocupação dos Queixadas, Jardim da União e Pinheiral de São Paulo, que já fariam parte do processo de construção e organização. Convidaríamos também os indígenas do Jaraguá e coletivos de atuação territorial na periferia parceiros como, por exemplo, Quilombaque”, reforça Irene.

Programação política e cultural

A programação contará com a participação de integrantes dos movimentos popular e operário, atividades culturais, além da presença de convidados e convidadas que apresentação estudos e poesia sobre a fome como a poetisa Helena Silvestre.

Por fim serão aprovados encaminhamentos e o evento se encerrará com uma confraternização entre os presentes.

 

Haverá ônibus da Barra Funda 

Está sendo organizada uma lista de pessoas interessadas em ir no ônibus que sairá da Barra Funda para ir direto para a Ocupação Esperança.  

A saída será domingo dia 23/10, às 9h20.

É necessário confirmar o nome com antecdência. Fale com Mara (11) 98595-2428

Haverá creche 

A atividade vai contar com um espaço de "creche" na sala de leitura comunitária, para as crianças também poderem somar na atividade. O formato será voltado a elas, assim as mães e pais poderão contar com uma forma coletiva de cuidado das crianças integrada aos debates!

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp