RCN de 17 a 18/09/2022: Moção de repúdio à Prefeitura de Maricá/RJ e à empresa e à empresa Solar Serviços

  • Facebook
  • Twitter

Atualmente as merendeiras da rede municipal de Maricá no Estado do Rio de janeiro vêm sofrendo constantemente com atrasos frequentes nos salários, ausência de depósito do FGTS e valores irregulares no vale alimentação.

Em consequência da falta de respeito por parte da prefeitura e da empresa, os trabalhadores que na sua maioria são mulheres entraram em greve, o que é legítimo!

É preciso enfatizar que a prefeitura do PT de Maricá, costuma dizer que representa os trabalhadores, entretanto fica evidente que faz a opção política de estar ao lado dos grandes empresários das empresas de terceirizações que precariza o trabalho. E, mesmo sabendo dos frequentes atrasos de pagamento e do descaso da empresa SOLAR SERVIÇOS com os encargos trabalhistas dos funcionários, a prefeitura de Maricá renovou o contrato com a empresa que acabaria em julho.

Diante deste ataque aos trabalhadores terceirizados, a CSP-Conlutas apoia e se solidariza com a greve das merendeiras e repudia a prefeitura de Maricá e a empresa SOLAR SERVIÇOS que se utiliza da opressão para realizar a exploração a fim de obter lucro.

A CSP-Conlutas exige:

- Pagamento imediato dos salários com juros e correções monetárias;

- Fim dos atrasos de pagamento;

- Efetivação imediata dessas trabalhadoras na prefeitura;

- Concurso público.

- Trabalhar e não ter pagamento é escravidão!

- Todo apoio as terceirizadas da empresa SOLAR SERVIÇOS!

- Basta de opressão e exploração!

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp