Moção aprovada no 4° Congresso: Apoio aos professores perseguidos no Município de Vinhedo (SP)

  • Facebook
  • Twitter

O Congresso da CSP Conlutas de 2019 ocorre no município de Vinhedo. Nesse município o governo Jaime Cruz do PSDB persegue professores e servidores que se opõem e a atual administração.

Em Vinhedo o “Projeto Partido Sem Escola” possui apoiadores que, em conjunto com o prefeito, persegue professores que trabalham temas como combate a violência a mulher.

Nós, delegados do 4° Congresso Nacional da CSP Conlutas, apoiamos os professores perseguidos, em especifico a professora Virginia M.B. Ferreira, que sofre processo administrativo por tratar do tema da violência contra a mulher em sala de aula, que é proposta da Lei Maria da Penha, nos parâmetros curriculares nacionais, nos temas transversais e na lei orgânica do município.

Defendemos a liberdade de cátedra, a democracia nas escolas e uma educação que combata a violência contra a mulher. Os casos de violência são alarmantes no Brasil e em Vinhedo não é diferente. A escola deve ser um espaço que atue no sentido de acabar com a violência e promover a igualdade.

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp