Moção aprovada no 4° Congresso: Apoio e em defesa da vida professora Mara Cristina Gonçalves da Silva

  • Facebook
  • Twitter

Mara Cristina Gonçalves da Silva, professora de história da Escolta Técnica Estadual Franco da Rocha de São Paulo (ETEC), tomou conhecimento que um grupo de aluno da escola onde leciona, planeja desde 2018, através de um grupo em rede social, atentou contra a sua vida. O grupo demonstra claro apoio às ideias do movimento “Escola sem Partido”, apoiado pelo governo Bolsonaro, que pretende proibir a organização e livre debate de ideias na comunidade escolar.

A professora Mara solicitou a direção da escola que tomasse providencias em relação a transferência compulsória dos estudantes e demais envolvidos.

Assim, os delegados do 4° congresso da CSP Conlutas se solidarizam com a professora Mara Cristina Gonçalves da Silva e exigem providências imediatas para proteger a integridade física, moral e pedagógica da professora.

Rua Boa Vista, 76 – 11° andar CEP: 01014-000 - Centro - São Paulo/SP
Telefone: (11) 3107-7984 - secretaria@cspconlutas.org.br
© CSP-Conlutas - Todos os direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Flickr
  • WhatsApp