​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

28 de abril: Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho; veja o manifesto

18/04/2012


Organize atividades em seu estado e local de trabalho

 

Veja aqui o manifesto sobre o tema elaborado pelo Setorial Saúde do Trabalhador

 

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), no mundo são 270 milhões de vítimas de acidentes e trabalho. Cento e sessenta milhões sofrem com doenças profissionais. Por dia, morrem 5 mil em acidentes de trabalho, são três vidas a cada minuto. No Brasil são quase 4 mil mortes por ano em decorrência de acidentes de trabalho. Esses números representaram uma verdadeira guerra contra os trabalhadores,  fruto da ganância dos patrões e do descaso dos governos capitalistas.

 

Seja os trabalhadores nas obras da construção civil, nas fábricas, nas ferrovias, estradas, e, inclusive, os funcionários da saúde, a realidade é a mesma. O trabalho, que é um meio de vida, transforma-se e torna-se  o motivo de doenças e morte dos trabalhadores.

 

Esta situação esta sendo denunciada pelas organizações da CSP- Conlutas e pelo setorial de Saúde do Trabalhador da Central nas lutas cotidianas.

 

Por isso, na semana de 23 a 28 de abril estaremos realizando diversas atividades para marcar o Dia Internacional Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho e protestar contra o descaso do governo Dilma que mantém impune os empresários.

 

A CSP-Conlutas orienta os sindicatos devem colocar nos seus jornais e ou boletins matéria sobre o tema. A Central orienta também as entidades fazerem  levantamentos dos acidentes que ocorreram nas suas bases, realizar assembleias nos locais de trabalho, promover encontros nas Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas que denunciem os acidentes e doenças profissionais. Devem também fazer cartazes.  Um boletim Nacional será  editado do Setorial de Saúde da CSP-Conlutas sobre  o assunto.

 

No 1° Congresso da CSP-Conlutas, no sábado (28), às 20h, também haverá um debate sobre tema, como parte das atividades paralelas ao Congresso.

 

Como surgiu o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho 

 

A data em memória às vitimas de acidentes de trabalho, 28 de abril, surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical, espalhando-se por diversos países, por meio de sindicatos, federações, confederações locais e internacionais. O dia foi escolhido em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, no ano de 1969. A OIT, desde 2003, consagra este dia à reflexão sobre a segurança e saúde no trabalho.

 

 No Brasil, a data foi instituída como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho em maio de 2005, pela Lei nº 11.121.