​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Municipários de Porto Alegre em estado de greve farão dia de paralisação

13/05/2011


Mais de 3 mil servidores públicos da Prefeitura de Porto Alegre decidiram, em assembleia geral realizada na tarde desta quarta-feira (11), pelo estado de greve e pela paralisação de um dia, na segunda-feira (16), como forma de pressionar pelo reajuste salarial.

 

A categoria não aceita o posicionamento evasivo do governo. Nas duas primeiras reuniões para discutir a data-base 2011, não foram apresentadas propostas concretas em relação às reivindicações. A pauta foi entregue ao Executivo no dia 14 de abril, prevendo o reajuste salarial de 18% e itens relacionados à melhoria das condições de trabalho e valorização.

 

Depois da assembleia, os municipários seguiram em caminhada pelas ruas do Centro até o Paço Municipal, onde foi realizado um ato de protesto. Outra assembleia geral, marcada para o dia 19 de maio, às 14h, discutirá os rumos da mobilização.

 

Silvia Fernandes – assessora de imprensa